domingo, 8 de julho de 2018

to throw one's weight around: O que significa?


Enquanto assistia ao vídeo acima, eu encontrei uma expressão interessante: to throw one's weight around. Pra ser mais específico, essa expressão foi dita em 00:12. O contexto do vídeo ajuda na compreensão da expressão, e esse envolve uma mulher fazendo uma tremenda duma cena arrogante ao embarcar num voo enquanto procura o seu assento. Logo no início do vídeo, você percebe que, por ter uma posição no governo do estado de New York, ela usa de autoridade e poder pra tentar conseguir o que ela quer. E toda essa atitude que eu acabei de descrever descreve justamente o sentido da expressão. She was throwing her weight around. Você pode usar essa expressão com qualquer pessoa que queira dar ordens duma maneira má educada, especialmente quando ela usa de uma posição de autoridade pra isso. Veja alguns outros exemplos:

  • I'm sick of Don coming into these meetings and throwing his weight around. Can't he just leave us to our own devices? 
  • You can expect the big industries to throw their weight around in order to influence the regulations.
  • The district manager came to our office and tried to throw his weight around, but no one paid any attention to him. 
  • Don't try to throw your weight around in this office. We know who our boss is.
  • He started throwing his weight around, shouting at everyone and telling them what to do.
Fonte: https://idioms.thefreedictionary.com/throw+weight+around

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Quais as diferenças entre as preposições de lugar AT e IN?

Depois de perceber que esse é um daqueles tópicos que raramente obtém um consenso nos foruns de línguas estrangeiras, eu pensei que seria importante criar minha própria perspectiva. Na verdade, não é que deixe de existir um consenso dentro desse assunto em particular em termos gramaticas. Mas como AT e IN, em muitas situações, são usados de forma intercambiável (e essa aliás é a primeira dica), elas acabam causando bastante confusão. Vamos lá!

AT

1) você pode usar essa preposição pra se referir a algo ou alguém que se encontra dentro ou próximo de alguma localização. Portanto, se alguém disser "I'm at the mall", isso implicaria que ele pode tanto estar dentro dele ou nas áreas externas que pertencem a ele e que estão próximas a ele, como estacionamento.

2) at também é considerado uma preposição mais específica, que como preposição de lugar, se refere a lugares menores e mais preciso. Por exemplo, se você está no mesmo espaço interno que outra pessoa mas não consegue achá-la, você pode querer ligar pra perguntar. As respostas podem variar: I'm at the desk; I'm at the door; I'm at the elevator (nesse caso, próximo dele); I'm at the table.

IN

1) use essa preposição pra indicar que alguem ou alguma coisa está dentro de um limite físico, especialmente quando esse limite é maior, menos específico que nos contextos de at. I was born in Brazil; I live at № 29 D’alberto Road IN Lagos; I am in China at the Great Wall. 

2) IN também passa o sentido literal de que algo ou alguém está dentro (inside) de alguma área. Por exemplo: I am in the elevator. Como visto anteriormente, I'm at the elevator também é possível, mas indica que você está próximo ao elevador, e não dentro.

PLUS) Para afastar mais ainda AT de IN, eu encontrei uma observação bastante interessante. Nela, IN significa estar dentro ou envolvido, enquanto AT significa estar na localização de forma generalizada ou simplesmente comparecendo. Veja: 

I am in a football game (eu sou parte de um jogo de futebol e participo de maneira direta)
I am at a football match (eu estou num lugar generalizado onde há um jogo de futebol e eu estou apenas comparecendo)

PLUS 2) Como eu comentei na introdução do post, apesar desta lista apontando diferenças, at e in são usados em algumas ocasiões de maneira intercambiável. Ou seja, I am in school & I am at school, dependendo da intenção de quem fala, podem passar o mesmo significado. Porém, em contexto onde o sentido é mais específico, to be at school significa estar fisicamente na escola, enquanto to be in school significa estar obtendo educação formal. Veja:

Has John graduated yet? No, he’s still in school.
Mom, can you pick me up? No, I didn’t go to Jenny’s house; I’m at school.

Fontes: https://www.quora.com/Is-it-right-to-say-I-am-At-school-or-Im-in-school
https://www.quora.com/What-is-the-difference-between-in-and-at-How-would-you-explain-the-difference-between-these-two-prepositions-to-a-kid

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Pass something/someone off; to dig up old bones: O que essas expressões significam? (inspirado na música Past Life, de Tame Impala)

So I go about how day as normal
But I can't seem to pass it off as just a random event
It consumes me, I thought I was moving on
But I guess I was just switching off
And now I see my life as the banal slogan it suddenly became
And I don't know if I can go on the same
But I don't wanna dig up old bones
I mean, I don't even know if she has the same phone number
Who knows? Maybe she does

Acima você está vendo os últimos versos de umas das minhas músicas favoritas de todos os tempos. Nela, você encontra alguém sofrendo as consequência de avistar um amor esquecido do passado na rua, o que coloca tudo em perspectiva. Durante a narrativa, eu encontrei duas expressões que podems er uteis para o seu Inglês: To pass something off; to dig up old bones.

To pass something/someone off
fingir que alguma coisa ou alguém é algo que ela não é; disfarçar.

Na música, ele diz não conseguir fingir que aquilo (o fato de avistar um amor antigo) era um evento aleatório. Veja esse e outros exemplos:

  • But I can't seem to pass it off as just a random event
  • I passed Jake off as my brother so he could take advantage of our family discount. 
  • There are always guys passing off cheap watches as Rolexes in this part of town.
To dig up old bones
pensar, escrever, falar sobre assuntos especificos, especialmente eventos do passado que causam sentimentos negativos. Essa expressão parece ser muito popular em músicas e em contextos artísticos.
  • Breaking up with a significant other and thinking about all the good times you shared together on Valentines Day or their Birthday etc. would be considered "Digging Up Bones."
fontes: https://www.urbandictionary.com/define.php?term=Digging%20Up%20Bones

quarta-feira, 4 de julho de 2018

to be due. O que significa e como usar?

Existem várias expressões que envolvem o verbo to be. To be due é uma delas. Quando você usa esssa expressão seguida de verbo no infinitivo, ou seja, to be due + to..., você se refere a um evento que vai acontecer no futuro, especialmente quando são eventos que tem horários mais planejados ou esperados. Veja esses exemplos:

  • The film is due to start at 8 pm.
  • Half of our employees are due to retire in five years.
  • Negotiations were due to take place later that week.
  • Are you due to hand in homework today.
  • The train is due to arrive at Glasgow Central at 12:12.

No entanto, essa expressão também é usada para se referir a eventos que provavelmente vão acontecer, ou que pelo menos espera-se que aconteçam. Veja:

  • The train is due to arrive at 10:54 PM. The train is expected to arrive at 10.54 PM.

É a partir dessa mesma lógica que vem uma outra estrutura que passa o mesmo sentido, mas omite a palavra due. Veja:

  • Mick Jagger is to perform at Madison Square Garden tonight. Mick Jagger will perform at Madison Square Garden tonight.
  • or Mick Jagger is due to perform at Madison Square Garden tonight.
Quando você usa a expressão TO BE DUE sem ser seguido dum verbo no infinitivo, due significa simplesmente expected (esperado) ou required (exigido). Nesse caso, o que seguirá a a estrutura é uima expressão de tempo ou lugar. Veja:
  • My homework is due tomorrow. 
  • Due tomorrow, do tomorrow. (Tinha que incluir esse exemplo. Lema de qualquer procrastinador.)
  • The hearing was due to begin at Quezon City regional court on Dec. 9.
Algo curioso de se notar é que essa expressão é bastante utilizada no contexto de gravidez. Mulheres grávidas estão acostumadas a responder a seguinte pergunta por exemplo: When are you due? Quem faz essa pergunta quer saber qual a data estimada do parto. A resposta portanto pode variar, como por exemplo: I'm due in Septmber; I am due on July 4th; My due date is.....

That's all for today guys. Take care!!!!!
Fontes: https://www.gymglish.com/en/english-grammar/be-due-to
http://www.grammaring.com/be-due-to-infinitive
https://dictionary.cambridge.org/grammar/british-grammar/be-and-be-expressions/be-expressions-be-able-to-be-due-to
https://forum.wordreference.com/threads/due-to-due-by-tomorrow.2797828/

domingo, 1 de julho de 2018

to patronize, patronizing. O que significa?

Enquanto assistia a um episódio de "What Would You Do?", que é um programa que simula algumas situações controversas do dia a dia, eu encontrei o verbo to patronize usado duma maneira curiosa. No episódio, um casal lésbico é vitima de preconceito enquanto fazia compras para seu futuro bebê e, numa tentativa de ajudá-lo, uma cliente dá a sugestão que está no screenshot logo acima: "I think y
ou should patronize another store". O que ela quis dizer com isso?

Nesse contexto, patronize significa frequentar uma loja, hotel, restaurante de maneira regular. É importante frisar que, usado dessa maneira, esse é um termo considerado formal. Veja este exemplo: Special offer coupons can be effective in motivating shoppers to patronize certain establishments.

Mas o que inspirou de verdade a criação desse post é que patronize geralmente é usado duma maneira diferente. Pode também se referir ao ato de falar ou se comportar com alguém de uma maneira que sugira desdém ou a ideia de que o outro não é tão inteligente ou importante assim; é uma forma de tratamento questionável onde você de alguma maneira ou por alguma razão se considera superior. Veja: Stop patronizing me - I understand the play as well as you do.

Lembrando que, adicionando -ing, patronizing pode também ser um adjetivo e, no mesmo sentido aprendido anteriormente, dá característica a qualquer coisa ou pessoa com tom de superioridade ou desdém. Veja: It's that patronizing tone of hers that I can't bear.